A dança da vida

Nem sempre a vida é como nós queremos, mas ainda assim devemos seguir o ritmo surdo que ela toca.

Por vezes, nossos passos em desconcerto seguem a coletânea musical que não escolhemos, não decidimos com quem dançar, muito menos como, se queremos agarradinhos, olhos nos olhos, livres, braços abertos, soltos para o ar.

Não decidimos sequer os convidados, o salão que desejamos, a roupa que sempre ambicionamos, muitas vezes até os parceiros que sonhamos.

Apesar de tudo, por mais difícil que pareça ser, nós estamos falando de Música, e ela só nos pede para dançar, dançar, dançar, até que a música da vida pare de tocar.

Como dizia o poeta que escreveu seus versos nas páginas do tempo: que a vida seja música para seus ouvidos enquanto você dançar na trilha sonora do seu destino.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: